alecrim

alecrim

as ervas são excelentes na cozinha. sem elas, muitos pratos ficariam faltando alguma coisa. elas aromatizam e deixam um sabor inigualável à maioria das receitas em que são utilizadas. hoje, falaremos um pouco do alecrim, uma plantinha muito cheirosa e que sempre fez parte do meu cotidiano.

a origem da palavra alecrim vem do latim ros, que significa orvalho, e marinus, que por sua vez quer dizer mar. com a junção das palavras, temos mais ou menos a expressão “orvalho do mar”. o primeiro contato que tive com esta ervinha foi nos meus idos 4 anos de idade. e nem foi pela apreciação do sabor da planta, ou pela degustação dela. ela se fez presente por meio de uma cantiga de criança, que até hoje me conforta quando cantarolo ou lembro dela.

minha tia sempre cantava “a-le-crim, alecrim dourado, que nasceu no campo, sem ser semeado / foi meu amor, que me disse assim, que a flor do campo, era o alecrim” e assim seguia a pequena canção. esta talvez seja uma das músicas que mais marcaram minha infância, e tenho boas memórias por conta dela.

logo mais, quando desenvolvi o prazer de cozinhar, comecei a experimentar todas as ervas possíveis. logo que conheci o sabor e aroma do alecrim, nunca mais parei de usá-lo. gosto muito de temperar aves e peixes, e também de colocar um pouquinho em alguns molhos, para dar uma toque diferente.

descobri, também, que o alecrim tem, como todas as ervas e condimentos que usamos na cozinha, diversas outras funções que vão muito além da gastronomia. é uma ótima plantinha com propriedades medicinais, e ajuda na prevenção do câncer, do mal de alzheimer e também age como anti-inflamatório.

sob a forma de chá,  age, também, como um eficaz remédio contra enxaquecas e cólicas menstruais. além disso, é ótimo para substituir os compostos químicos voltados para bochecho, vendidos em farmácias: auxilia no tratamento de aftas, gengivite, estomatite e trabalha bem contra o mau hálito.

deve ser evitado em grandes doses, pois pode causar dores gastrointestinais e não deve ser consumido à noite, porque atrapalha o sono, devido aos seus princípios ativos. a planta é contraindicada a gestantes, lactantes, pessoas com gastroenterite e homens com problemas nas próstatas.

 

+ com informações de saúde dica, tua saúde e só notícia boa (band).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s